Blog


Blog do Empreendedor
O cotidiano de empreendedores como você
Twitter Facebook Orkut
Aumentar texto Diminuir texto

MeuSucesso completa dois anos inspirando 150 mil empreendedores

5 de julho de 2016

No próximo mês, agosto, a escola de insights MeuSucesso.com, “NetFlix do empreendedorismo brasileiro”, completa dois anos. Nesse tempo, produziu mais de 340 programas educacionais que foram vistos por mais de 150 mil alunos (que assistiram pelo menos uma aula).

“O balanço é positivo. Nosso crescimento é consistente e o nível de satisfação de nossos alunos é muito satisfatório (monitoramos essa satisfação por meio de diversos indicadores como pesquisas, análise de rotatividade etc.)” comemora Sandro Magaldi, CEO do projeto criado pelo midas Flávio Augusto da Silva (que comanda também ao Instituto Geração de Valor,  o fundo de investimento T-BDH Capital, o time de futebol Orlando City e recentemente recomprou a escola de idiomas WiseUp – fonte de sua fortuna).

A satisfação é comprovada pelo assinante Tiago Hungria, de Campinas, um dos primeiros a aderir à plataforma. “Assinei na madrugada do lançamento. O MeuSucesso abriu as portas do mundo empreendedor, mostrou mega empreendedores e como construíram suas empresas de sucesso mostrando para todos que é possível sim.  O reflexo de tudo isso veio em dezembro do ano passado, quando ganhamos o prêmio Great Place to Work na categoria até 30 colaboradores, que nomeou a WeAudit como uma das 3 melhores empresas, com até 30 colaboraodres, para se trabalhar”. Outro aluno que está satisfeito é Jivago Siqueira, de Osasco: “Desde que fiz minha assinatura assisti praticamente todos os estudos de caso e algumas aulas extras. Uma das principais evoluções que tive foi a capacidade enfrentar o medo e arriscar de forma consciente. Afinal o NÃO já está garantido,  agora é fazer de tudo para conquistar o SIM” conta o jovem empreendedor.

O modelo da escola de insights é único no mundo. O aluno paga uma mensalidade (R$ 75,00 ao mês) e tem acesso a todo o conteúdo. A cada seis semanas, são contadas histórias de empreendedores que venceram as mais diferentes adversidades, em vários segmentos, que passam por Alair Martins (do grupo Martins), Ozires Silva (e a saga de construção da Embraer), Deusmar Queirós (fundador da farmácia Pague Menos, maior rede de varejo farmacêutico do Brasil), Arri Coser (fundador da Fogo de Chão), entre outros.  Os documentários, feitos em linguagem de cinema, são acompanhados de material complementar e aulas em outros formatos, como o Live Class e o Ask, além de encontros sobre temas específicos, ministradas por professores que são especialistas no assunto.

Mais recentemente os assinantes tem acesso a pré-estreias exclusivas, onde os protagonistas estão ao vivo, respondendo dúvidas e interagindo com a plateia do Cinépolis, no shopping JK em São Paulo (o próximo evento desses acontece em 1º de agosto, com a presença do empresário mineiro Luiz Alberto Garcia, da Algar, personagem do próximo estudo de caso da escola). Outra novidade são as séries, que tratam de temas específicos. Já foram produzidas três: sobre endomarketing, sobre franquias e sobre a cultura de inovação no vale do Silício.

Magaldi não revela quanto o MeuSucesso faturou nesses dois anos, mas diz que já foram investidos mais de R$ 10 milhões no projeto. Mas o maior retorno, garante ele, é o impacto que o projeto vem gerando. “Até hoje me surpreendo positivamente com o impacto que nosso projeto causa junto a nossos alunos. Estamos ocupando esse espaço junto àqueles que têm tido a experiência com nosso projeto. Ao tomar contato com histórias reais de empreendedores que trilharam o mesmo caminho que qualquer empreendedor ou líder está trilhando, humanizamos essas relações e construímos referências, mostrando que é possível para qualquer um, a partir de suas escolhas, concretizar seus projetos pessoais” acredita o CEO da escola. Essa crença é compartilhada pelo assinante Lucivaldo da Silva, tecnólogo de radiologia e empresário de São Paulo: “o conteúdo oferecido é capaz de mudar o mindset de uma pessoa. E a energia positiva que corre na veia do MeuSucesso me motiva , me injeta ânimo e não me deixa desistir , pelo contrário faz acreditar que sim, é possível” acredita ele.

Marcelo Pimenta (menta90) é jornalista, professor da Pós-Graduação da ESPM, fundador do Laboratorium e criador do site Mentalidades.

Depois de ler esses livros você nunca mais vai achar o mesmo do design

9 de março de 2015

Menta90 (Marcelo Pimenta) é professor de inovação da pós-graduação da ESPM e criador do Laboratorium

Dando continuidade à série de 40 livros para quem quer inovar e empreender, hoje vou listar nove livros que podem ajudar no entendimento e servir de incentivo para que todo o empreendedor desenvolva/aprimore o design de seu negócio.  Sempre bom lembrar, design não é sinônimo de arte nem de beleza, mas um processo, uma abordagem. Design é o desafio de conceber, definir e implementar forma e função para organizações, projetos, produtos ou serviços.

1. Como Arquitetos e Designers Pensam
Bryan Lawson – Oficina de Textos, São Paulo, 2011.

O livro é o fundamento do que se conhece hoje como Design Thinking. Essa é uma versão atualizada da primeira, editada ainda em 1980, quando o inglês Bryan Lawson edita pela primeira vez uma obra dedicada a investigar o pensar do projetista. Como o arquiteto, o designer, o urbanista elaboram mentalmente os processos para projetar? E a partir daí, Lawson começa sua decodificação do processo do projeto, sistematizando as fases de análise/síntese/avaliação.

A terceira parte do livro em especial é base: o pensamento ao projetar. Os capítulos 8 (Tipos e estilos de pensamento) e 9 (Pensamento Criativo) são pioneiros em abordar temas que serão aprofundados em várias outras obras aqui citadas.

2. Rise of DEO: Leadership by Design
Maria Giudice e Christopher Ireland – New Rides, San Francisco, 2014.
Se você gosta do tema, não tem dificuldade de ler em inglês e gosta de inovação e de livros – esse não pode faltar em sua prateleira. A edição é bárbara. Bonita, colorida, bem feita. O tema é intrigante: o perfil do executivo dos novos tempos, o DEO: Designer Executive Officer.

As autoras foram criadoras do Hot Studio, empresa de design que foi comprada pelo Facebook. O livro traz ainda o perfil de alguns DEOs famosos como Carls Bass (Presidente e CEO da Autodesk) e Chris Anderson (Curador das Conferências TED).

3. Design de Negócios
Roger Martin – Elvesier, Rio de Janeiro, 2010.

O professor da Rotman School of Management da Universidade de Toronto é um ativo pesquisador e escritor sobre o pensamento do design aplicado aos negócios. Destaco essa obra pela descrição do funil do conhecimento: “design thinking é uma forma de pensamento que permite o movimento ao longo do funil do conhecimento e as empresas que o dominarem obterão vantagem competitiva de longo prazo praticamente inesgotável”, profetiza. Já escrevi nesse blog sobre esse livro.

4. Human Centered Design: Kit de Ferramentas (2ª Edição)
Disponível para download no site da Ideo.

Esse é um guia prático que descreve processos e ferramentas que podem auxiliar na criação de soluções inovadoras para vencer os desafios sociais. Criado especialmente para servir a organizações que trabalham com comunidades carentes na África, Ásia e América Latina. É bastante didático e distribuído gratuitamente, em português. Traz uma introdução com a base conceitual do design centrado no ser humano.  Excelente fonte de inspiração  e consulta  -  e na faixa (o projeto foi financiado pela fundação Bill & Melinda Gates).

5. A Empresa Orientada pelo Design: Como Criar uma Cultura de Inovação Permanente
Marty Neumeier – Bookman, Porto Alegre, 2010.

Não pense que esse é um livro qualquer. Seu projeto gráfico irreverente abusa dos infográficos para mostrar que “os complexos problemas que enfrentamos não podem ser resolvidos com base no modo de pensar que o gerou”.

Com apenas 194 páginas recheadas de esquemas, imagens, frases e histórias, é um livro divertido, simples e ao mesmo tempo provocador. Se você procura uma leitura mais leve e descontraída sobre o tema, essa é a dica.

6. Design Thinking: Inovação em Negócios. MJV Tecnologia, Rio de Janeiro, 2011.
O livro, gratuito para download, é o primeiro representante brasileiro nessa lista. Ele traz um pouco da trajetória das descobertas e das vivências que a MJV, tradicional empresa de tecnologia, fez ao ingressar no mundo da consultoria em inovação usando o Design Thinking.

O livro é escrito por uma equipe, ricamente ilustrado e traz uma descrição do processo usado na empresa. Os métodos utilizados e exemplos de aplicações práticas são trazidas de projetos reais do mercado descritos em português claro e direto.

7. Design Thinking Brasil: empatia, colaboração e experimentação para pessoas, negócios e sociedade. Tennyson Pinheiro e Luis Alt em parceria com Felipe Pontes. Elsevier, Rio de Janeiro, 2012.
O segundo representante brasileiro da lista reúne o conhecimento acumulado dos autores através de inúmeros projetos na consultoria Live Work e em sala de aula (Faculdade Rio Branco e ESPM). Destaque para o apêndice, onde eles descrevem o SET – Service Envy Toolkit (caixa de ferramentas de dar inveja para criar serviços): cada técnica é sucintamente descrita e classificada nas quatro fases sugeridas para desenvolvimento de um projeto.

8. Isto é Design de Serviços
Organizado por Marc Stckdorn e Jakob Schneider –  Bookman, Porto Alegre, 2014.

Esse livro é considerado a bíblia do Design de Serviços no mundo e foi recentemente traduzida para o português. É um livro para profissionais, organizado em fundamentos, ferramentas e casos. Aconselho para quem já tem um entendimento no design thinking e deseja se aprofundar em Design de Serviços. A revisão técnica e o prefácio à edição brasileira são de Clarissa Biolchini, que assina o projeto gráfico do próximo livro da lista.

9. Ferramentas Visuais para Estrategistas
Organização de Marcelo Severo Pimenta, Maria Augusta Orofino e Clarissa Biochini – Publicação Independente, São Paulo, 2012.

Esse livro foi concebido por treze profissionais de diferentes áreas como um exercício de livre de cocriação a partir do curso de inovação em modelos de negócios do CIC-ESPM. Nele, são descritas 17 ferramentas visuais que podem ajudar o empreendedor a inovar.  Versão digital com distribuição gratuita via Internet. Essa série é composta por quatro posts onde escolho 40 livros referência para negócios inovadores. Na semana passada listei os livros que tratam do novo contexto de negócios. Na próxima semana falarei sobre os livros escolhidos sobre criatividade, inovação e pensamento visual.