Blog


Blog do Empreendedor
O cotidiano de empreendedores como você
Twitter Facebook Orkut
Aumentar texto Diminuir texto

Sair da zona do conforto é se permitir novos aprendizados

15 de setembro de 2014


Marcelo Pimenta é professor da ESPM e criador do Laboratorium

Manter-se na zona de conforto representa buscar permanecer na situação que estamos acostumados. Por conta da nossa natureza (humana), sempre que podemos, buscamos ficar ou tentar voltar o mais rápido possível para convivermos com o que é conhecido, ao que nos parece mais fácil e cômodo.

A zona de conforto, ao contrário do que se pensa, não significa que a pessoa está 100% satisfeita com a situação. Demonstra que ela está acostumada com a rotina e, mesmo que ela não atenda todas as expectativas, acha desculpas para permanecer como está, para evitar a mudança. É o conforto que faz com que muitos permaneçam (mesmo que em insatisfeitos) em casamentos, empregos, casas e outras situações que na verdade não desejariam. É o instituto de sobrevivência que nos prende na busca pela estabilidade.

Porém, permanecer na zona de conforto é jogar a toalha e desistir dos sonhos. O aprendizado acontece quando temos coragem (ou somos submetidos, mesmo que contra a vontade) a enfrentar uma situação que não desejamos ou que nos faz sentir inseguro: viajar a um lugar desconhecido, fazer uma entrevista de um novo emprego ou para um novo cargo, ter que falar um idioma que não dominamos completamente. Há quem acredite que sair da zona de conforto é entrar na zona mágica, onde o aprendizado acontece.

Portanto, sempre que tiver oportunidade, experimente um novo sabor, desenhe, sente numa nova posição à mesa, escute uma música diferente, converse com quem você não conhece, busque novos caminhos –exemplos que fazem você sair da zona de conforto – e acelerar o aprendizado.

A consultoria espanhola InKNOWation, fez um vídeo muito bacana que explica bem o conceito de zona de conforto e provoca todos a refletir o quanto manter-se na zona de conforto significa estar se afastando do seu sonho (para quem não domina o espanhol, sugiro que faça login no Youtube e ative a tradução automática das legendas – não fica perfeito, mas facilita o entendimento). Clique na imagem para ver o vídeo: