Blog


Blog do Empreendedor
O cotidiano de empreendedores como você
Twitter Facebook Orkut
Aumentar texto Diminuir texto

Experimentar é o novo planejar

19 de maio de 2014

Marcelo Pimenta é professor de Inovação na ESPM

Vivemos na era das incertezas. A modernidade líquida faz com que tudo se transforme instantaneamente. Pequenos acontecimentos podem provocar grandes ondas.

‘Do dia para a noite’ surgem soluções que conquistam clientes – ameaçando negócios que passaram anos investindo para oferecer um tipo de serviço que o consumidor pode não querer mais. O caso recente das cooperativas de táxi e prefeituras tentando impedir aplicativos que facilitam a vida do cliente ilustra isso.  Não é uma lei que vai evitar que os clientes desfrutem de uma inovação.

Nesse contexto, planejar se tornou algo cada vez mais complexo e até certo ponto questionável, quando falamos de inovação.

Mais importante do que planejar, atualmente, é a coragem de se dar à oportunidade de criar condições e situações em que é possível errar rápido (e aprender com isso), tentando novamente, mas construindo algo realmente inovador em co-criação com o cliente.

Essa é a cultura startup: ter ideias criativas, pensar modelos de negócios viáveis e sustentáveis e ‘prototipar’ inovações como uma forma de obter feedback dos clientes. E, nesse ciclo, conseguir criar negócios vencedores.

PS – Este é meu primeiro post de uma parceria que inicio com o Blog do Empreendedor do Estadão PME. Toda segunda, para inspirar sua semana, uma provocação para você conhecer e experimentar a cultura startup – de criar modelos inovadores que possam mudar sua vida, viabilizar seu negócio e transformar o mundo.

16 Comentários Comente também
  • 19/05/2014 - 16:36
    Enviado por: PLINIO VIEIRA SOARES

    Marcelo,

    Parabéns.

    Abraços,

    Plínio

    responder este comentáriodenunciar abuso
  • 19/05/2014 - 17:56
    Enviado por: Deivison Santos

    Olá Marcelo,

    Fico contente em encontrar em um veículo sério de mídia como esse um texto (curto é verdade, mas passa a mensagem) sobre algo que penso há algum tempo e que já venho praticando no meu trabalho. Muito tempo é consumido no planejar, mas temos o controle de pouquíssimas das variáveis que interferem no projeto, ao passo que poucos percebem que o processo de execução, quando feito com acompanhamento (olhar) ativo, contribui muito mais para o aprendizado e melhoria dos processos. O planejamento é importante para identificarmos rapidamente as “anormalidades”/”ruídos”, avaliarmos se são negativas, e corrigirmos; ou positivas, incorporando-as ao processo.

    responder este comentáriodenunciar abuso
    • 19/05/2014 - 18:52
      Enviado por: Marcelo Pimenta

      Olá Deivison,

      É isso aí, planejar continua sendo importante. A questão é conseguir 1o experimentar, para filtrar aquelas que merecem esforço pois mostram valor percebido pelo cliente.

  • 19/05/2014 - 18:03
    Enviado por: Bruno Damy

    Quando surge a percepção de experimentar ao invés de planejar?
    Costumo vender a ideia de planejar estrategicamente até mesmo quando se tem a necessidade momentânea, alavancando uma startup.

    responder este comentáriodenunciar abuso
    • 19/05/2014 - 18:48
      Enviado por: Marcelo Pimenta

      Olá Bruno.
      Digamos que na cultura startup experimentar anteceda um planejamento mais detalhado. A ideia é que você consiga fazer com que o cliente experimente o que você está propondo – mesmo que através de um protótipo -, para ver se a inovação faz sentido – antes de sair tendo um esforço de planejamento para algo que talvez não faça sentido. Planejar continua sendo muito importante, a questão é fazer isso quando você já sabe que seu cliente percebe valor no que você propõe.

  • 19/05/2014 - 18:23
    Enviado por: Paulo Lomando

    Parabéns!
    Informações que fazem sentido para um país que precisa, urgentemente, apressar seu modo de realizar sua inventividade.
    Se a inovação é a finalidade, os meios para alcançá-la devem correr a seu tempo e modo.

    responder este comentáriodenunciar abuso
  • 19/05/2014 - 23:20
    Enviado por: Sinésio Moura

    Olá Marcelo…

    Que grande prazer e satisfação encontrá-lo neste veículo que acompanho com freqüência… Leio seus posts e facilmente me recordo de suas apresentações. Parabéns a você e muito sucesso!!! Um grande abraço!!!

    responder este comentáriodenunciar abuso
  • 19/05/2014 - 23:33
    Enviado por: Rodrigo Caldeira Ramos

    Parabéns ao Estadão em dar espaço para quem realmente entende do assunto! Belo texto Marcelo Pimenta!

    responder este comentário