Blog


Blog do Empreendedor
O cotidiano de empreendedores como você
Twitter Facebook Orkut
Aumentar texto Diminuir texto

Dormir é para os fracos

30 de julho de 2013

Renato criou o Fashion.me

Às vezes aparecem algumas oportunidades que fazem você sair da zona de conforto. Acho que todo empreendedor tem uma propensão a risco e a aventura. Escrever este blog durante 7 meses, todas as semanas, foi uma dessas aventuras para mim.

Eu não sou jornalista, nunca gostei das matérias de humanas, eu me dou muito melhor com a matemática e a computação. Eu já tinha escrito alguns artigos antes. Um dos meus avanços mais importantes na carreira, quando eu trabalhava no mercado financeiro, foi um discurso que escrevi durante uma reunião estratégica. Não acho que eu escrevo bem, mas acho que tenho uma boa imaginação.

Mas é incrível como todos nós não sabemos prever o tamanho dos nossos desafios. Quando eu topei o desafio de escrever aqui, eu achei que ia ser mais fácil. Um monte de gente me pede conselhos sobre startups no dia-a-dia, basta colocá-los no papel. Imaginei que ia conseguir deixar alguns tópicos prontos, que eu ia perder no máximo uma hora para escrever todas as semanas. Eu estava enganado.

Este mesmo fenômeno acontece nos meus projetos. Eu sempre acho que é fácil, que vai ser mais rápido e que vai custar menos. Sempre quebro a cara. A gente esquece dos detalhes, a gente esquece das pequisas, a gente esquece que existem outras atividades que também tem que ser feitas. As madrugadas, os fins de semana, tão aí para isso, tirar o atraso.

“Dormir é para os fracos!” Este é o lema informal de todo startupeiro. Durante alguns encontros com outros colegas, a gente até compete para ver quem está dormindo menos.  Mas tem as recompensas! A primeira é saber que eu fui capaz. Alguns textos ficaram bons, outros ficaram ruins. Tem alguns que, olhando agora, eu tenho até vergonha…

Eles estão aí para a internet inteira ler, e o Google não deixa ninguém esquecer. A outra recompensa são as conexões com as pessoas. Em mais de um evento que eu fui, alguém virou para mim e falou que leu meus artigos aqui ou no Linked In (eu escrevo também para lá) . Teve até um cara que não desgrudava de mim o evento inteiro, confesso que eu fiquei com um pouco de medo.

O meu último conselho para você empreendedor, aqui no Estadão é esse: não tenha medo de se expor. Coloque a sua cara a mostra! Comunique-se. Crie um blog, poste o seu dia-a-dia, fale o que está na sua cabeça, mostre que a sua empresa é feita de pessoas e que elas tem uma visão de mundo.

Escreva para seus funcionários também, mostre para eles qual é a sua visão de mundo, não só nos aspectos do dia-a-dia do negócio, mas sobre tudo. Escrevendo você aprende muito. Eu termino aqui, mas continuo em outros lugares:

LinkedIn: http://www.linkedin.com/influencer/625159
Twitter: @renatost
E não deixem de visitar o Fashion.me (http://fashion.me)

Beijos e Abraços, foi uma experiência incrível!