Blog


Blog do Empreendedor
O cotidiano de empreendedores como você
Twitter Facebook Orkut
Aumentar texto Diminuir texto

Criatividade, Propósito e Serenidade: elementos para uma jornada de sucesso

4 de agosto de 2014

Marcelo Pimenta é professor da ESPM e fundador do Laboratorium

Na última quinta-feira, fui escolhido para fazer um discurso de cinco minutos como paraninfo dos cursos de pós-graduação da ESPM. Preparei o texto abaixo – e dele recebi muitos feedbacks positivos não só dos alunos, mas principalmente dos pais e familiares que foram à cerimônia, o que me encorajou a publicá-lo como post dessa semana.

Espero que gostem e comentários, sempre, são bem-vindos.

“Boa noite.
É com muita alegria que recebo pelo 2º semestre consecutivo essa homenagem de ser o paraninfo das turmas do MBA da ESPM. É motivo para mim de muita felicidade, considero um reconhecimento à nossa disciplina – gestão da inovação – e também ao esforço de planejar e executar aulas dinâmicas, úteis, atualizadas e –  sempre que possível –   divertidas. Mas entendo que tivemos nosso tempo em sala de aula e o momento hoje deve ser dedicado também aos familiares, amigos e convidados. Aqueles que não vem à escola todos os dias, e aos quais desejo que levem uma mensagem em três conselhos por uma atitude pró-inovação.

1) Incentivem as ideias malucas. São as ideias mais estranhas, as combinações menos inesperadas que vão fazer a diferença. Pensem em coisas que hoje  são prosaicas – entrar num elevador, num avião; usar o  controle remoto; aplicativos como o Facebook, Google, Gaze;  o forno de micro-ondas;  Se não fossem as ideias malucas  - elas não teriam acontecido. Não estudar adianta para querer seguir apenas os caminhos que já foram trilhados. Tenham a ousadia de sonhar, de realizar, de testar novas hipóteses. Cada um de nós é mais UM num universo de 7 bilhões de pessoas. Vivemos hoje na Terra com outras 3 milhões de espécies. Somos apenas mais um planeta de um sistema que gira em torno do sol – apenas mais uma estrela de uma gigante galáxia que é apenas um ponto no universo. Se mundo é tão gigante, não será algo que fizermos – e que pode não sair como o esperado – que vai desestabilizar todo esse complexo sistema. Portanto, arrisquem-se, não deixem se acomodar pela mesmice. Foi a criatividade que nos fez chegar até aqui e será ela que vai nos levar mais longe.

2) Segundo lugar queria falar do propósito. Encontrar um propósito é algo revelador. Quando se trabalha por um propósito não há horário comercial, não existe hora-extra, não tem madrugada, não tem falta de dinheiro. O propósito é um combustível. Todos os projetos que forem na direção do seu propósito nunca dão errado, pois mesmo que não alcancem todos os objetivos – você vai estar mais próximo do seu objetivo. Quem ainda não descobriu seu propósito da vida, sugiro que o encontre o quanto antes. Quem já descobriu, parabéns: cuidem e estimulem seu propósito para que ele seja cada vez mais forte.

3) Por fim, não se preocupem com problemas que não são seus. Não deixem que o trânsito, que o vizinho mal-humorado, que o governo, que o colega e o chefe atrapalhem sua paz de espírito.  Essa semana tive a oportunidade de acompanhar a 41ª edição do workshop de criatividade do professor José Predebon. Com 82 anos, mandando ver MUITO BEM no PowerPoint, no Twitter, na didática em sala de aula. Foi ele que em 1986 iniciou aqui nessa ESPM a tratar de criatividade como algo que precisava ser ensinado, aprendido, treinado e aperfeiçoado – como hoje fazemos na sala de aula com a inovação. E numa das aulas, um aluno fez uma pergunta: – Professor, como fazer com que o estresse e os problemas profissionais e pessoais não impeçam a criatividade e a inovação? Predebon não pensou duas vezes. E disse que foi só com cerca dos 60 anos que ele teve auto-conhecimento para atingir a SERENIDADE – a capacidade de enfrentar as adversidades e entender que, apesar delas, o mundo continua (eu fiquei pensando que eu, com meus 43 anos, já bati muito a cabeça… se tudo der certo, vou alcançar a serenidade um pouco antes, venho me esforçando para isso). Espero que vocês, com nossas aulas, com esse curso, com essa mensagem de hoje, consigam encontrá-la ainda antes.

São estes os três pontos que destaco:
1) seja criativo, acredite que você pode fazer a diferença (se não der certo, isso não vai abalar o sistema mundial);
2) encontre um propósito de vida que seja relevante, que te deixe permanentemente motivado em enfrentar e superar todas as dificuldades;
3) por fim, cultive e aperfeiçoe o auto-conhecimento em busca da serenidade.

Acredito que se vocês trilharem esse caminho – junto com seus amigos, companheiros, familiares, amigos e colegas –  não apenas terão um sucesso ao final da jornada. Mas, sim, vão continuar tendo sucesso ao longo de toda a jornada. Muito obrigado!”