Blog


Blog do Empreendedor
O cotidiano de empreendedores como você
Twitter Facebook Orkut
Aumentar texto Diminuir texto

Ainda sobre Dominique Ansel e o sucesso do Cronut

27 de janeiro de 2015

Em nosso post da semana passada sobre o Cronut, doce que mais faz sucesso em NY, fomos surpreendidos por uma repercussão recorde em nossas postagens desde que assumimos o espaço das terças-feiras aqui no Blog do Empreendedor. Foram mais de 8 mil recomendações no Facebook.

Na sequência, nosso editor, o Daniel Fernandes, explorou um pouco mais o assunto, em texto publicado no seu post do dia 21 de janeiro. E mais 6 mil recomendações no Facebook.

Não há dúvidas de que o assunto gerou interesse. Mas a ideia no post de hoje não é aproveitar o que deu certo e chover no molhado. Voltamos a falar de Dominique porque fomos surpreendidos, também na última semana, pela notícia de que ele abriria no West Village uma nova confeitaria. Lendo o título, imaginamos: ah, Dominique se rendeu. Vai produzir o Cronut em outra região da cidade e aproveitar a onda de sucesso de sua criação para aumentar seu faturamento.

Engano nosso. Dominique segue contra o que qualquer empreendedor, pequeno ou grande, provavelmente faria. Ele não venderá, em sua nova confeitaria, seu famoso Cronut.

No cardápio do Dominique Ansel Kitchen, que é como se chamará seu novo empreendimento, madeleines, mousse de chocolate e mille fueille, clássicos consagrados da pâtisserie francesa. E como inovação sempre acompanha sua carreira, um inédito (pelo menos para nós) menu degustação de sobremesas servido à noite em uma mesa comunitária. Além disso, Dominique comenta que o que mais lhe incomoda em confeitarias tradicionais é a falta de frescor nos doces, uma vez que tudo é produzido com alguma antecedência. Em seu novo negócio, 70% dos doces serão produzidos mediante pedido. Ou seja, tudo fresquíssimo.

Difícil entender o que se passa na mente de Dominique. Imagine a tentação que qualquer um de nós teria, de aumentar a produção do produto mais famoso, em busca de maiores retornos financeiros? Mas aparentemente não é só isso que move Dominique. E talvez esteja aí uma das razões de seu enorme sucesso.

Para saber mais sobre o novo projeto de Dominique, acesse a Dominique Ansel Kitchen.

Bruno e Juliano fundaram a premiada Cervejaria Eisenbahn, um pub inglês em Blumenau e tocam uma fábrica de queijos especiais em Pomerode. Escrevem todas as terças aqui no Blog do Empreendedor.