Blog


Blog do Empreendedor
O cotidiano de empreendedores como você
Twitter Facebook Orkut
Aumentar texto Diminuir texto

10 ferramentas gratuitas para empreendedores (mas que deveriam ser cobradas por serem tão úteis)

28 de abril de 2017

Crédito: Canvas

 

Você quer começar uma startup e já tem até um potencial sócio. Parabéns! Empreender um negócio próprio no Brasil não é para qualquer um, principalmente se for apenas um mesmo. Por isto, sócios, desde que complementares, aumentam e muito, as chances de sucesso de um novo empreendimento. Mas aí vem a pergunta: Cada sócio deveria ter a mesma participação no negócio? O Startup Equity Calculator ajuda a definir a participação “justa” de cada sócio na startup. O resultado talvez não agrade os sócios, mas os parâmetros utilizados podem ajudar na reflexão do papel de cada um e sua respectiva participação na sociedade.

Já tem um negócio e pensa em buscar um investidor? Apenas por curiosidade, use o Pitch Bot, um robô (chatbot) que faz uma entrevista com você e ao final entrega um relatório sobre como poderia ter ido melhor nas respostas e ainda indica investidores mais indicados para o setor, estágio de vida e resultados obtidos pela sua startup. Mas antes que se empolgue, isto é só um treino e só traz uma lista de investidores dos Estados Unidos. Mas, de qualquer forma, a interação com o robô investidor é muito educativa.

Já conseguiu uma reunião com o investidor ou precisa fazer uma apresentação para algum cliente e acha que o Powerpoint, definitivamente, não gosta de você? Se está em depressão por isso, visite o Note & Point, encontre algum modelo de apresentação que representa o seu negócio, baixe o documento e crie a sua apresentação campeã colocando a sua mensagem nos slides, trocando as cores para as da sua empresa assim como as imagens. Não tenha dúvidas que o resultado final parecerá muito profissional para o seu público alvo.

Mas se realmente tiver uma reunião com um investidor, precisará não apenas da apresentação em si para o encontro, mas também de um documento mais detalhado chamado Pitch Deck. Se não souber o que é isto ou já tiver interesse em preparar o seu, visite a coleção preparada pela Attach com exemplos de startups famosas que atualmente hoje, juntas, valem mais de US$ 100 bilhões. E se quiser levar algum folder ou flyer da empresa, não hesite em utilizar o Canva que também é matador na elaboração de imagens visuais para postagem em redes sociais.

Mas há vida além das redes sociais e sua empresa precisa estar lá. Por isto, dê valor ao velho e-mail. Quando bem utilizado, o correio eletrônico ainda funciona e pode ser muito mais barato do que ficar comprando Adwords ou Facebook ads. Desta forma, se já conhece, faça uma nova visita ou se não conheça, conheça e teste o MailChimp. A versão gratuita está ainda mais poderosa e eficaz. Também utilize o TypeForm para fazer pesquisas. A solução é tão elegante que até pode aumentar a taxa de respondentes.

Mas não perca de vista onde está o seu mercado e também dos seus concorrentes. Faça uma pesquisa com o nome da sua empresa e depois com os dos seus concorrentes no Similar Web. Vem muita informação e espero que fique feliz com o desempenho do seu site.

Por isso, é sempre bom ser o primeiro, a saber, quando falam de você e também dos seus concorrentes. Para isto, assine o Google Alerta, novamente, com o nome da sua empresa, dos seus concorrentes e até com o seu nome pessoal. Apareceu em algum lugar da internet, será avisado por e-mail.

E para terminar, gerencie e organize tudo o que precisa fazer como empreendedor com Trello.

E é isto… Dez ferramentas gratuitas para empreendedores, mas que deveriam ser cobradas por serem tão úteis.

Marcelo Nakagawa é professor de Inovação e Empreendedorismo do Insper, da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI) e Coordenador de Área em Pesquisa para Inovação da FAPESP

Deixe um comentário: